O que é Kazaky ?

Não conhece ? Clique aqui pra saber quem são eles !

Versão 2.0 da maior postagem do blog !

Clique para ver a resenha completa.

Doesn't Matter (New Music Video)

Kazaky lançou um super clipe, mostrando um pouco de seu cotidiano, totalmente dedicado aos seus fãs. ♥

"I Like It part 2" - Novo Álbum \o/

Novo álbum do Kazaky ja está disponível para download no iTunes, clique e confira a resenha completa.

Onde está Oleg?

Oleg deu suas declarações e nós traduzimos.

Curta nossa fanpage no Facebook!

Receba sempre todas as nossas novidades curtindo a nossa fanpage!

Thank you Kazaky, We love you!

Confira nossa resenha e nossos agradecimentos!

Confira a agenda !

Quer saber onde o kazaky está? Clique aqui e confira a agenda da SECRET MISSION TOUR.

13 de março de 2014

GRAN CANARIAN - MASPALOMAS ~ 13.03.2014 @Carnaval Internacional de Maspalomas



Nossa... que lindo é o Carnaval de Maspalomas... muito lindo mesmo, ainda com a apresentação do KAZAKY, se tornou melhor ainda...























É muito elegante ver drag queens bem produzidas e se apresentando... com direito a música brasiliera.

A apresentação do KAZAKY foi bem curta, o que me surpreendeu mais foi Stas dançando Dance and Change, que não é da época dele no grupo... mas simplesmente foi lindo de mais...






















Uma foto de Sasha Lopez com eles...




Pequeno vídeo publicado no instagram de Sasha Lopez.



9 de março de 2014

YAROSLAVL - RUSSIA ~ 09.03.2014 @Honey Night Club





















































































































































BELGOROD - RUSSIA ~ 08.03.2014 @Nicht Club ЧА:СЫ





































- VÍDEOS -








- IMAGENS -



Aniversário do blog - 09 de Março


Vocês nos acompanharam durante esse ano, essa foi nossa evolução em banners:










7 de março de 2014

YEKATERINBURG - RUSSIA ~ 07.03.2014 @Queens Night Club - Hyatt Regency Ekateriburg



































- VÍDEOS -





















- IMAGENS -



2 de março de 2014

Kazaky - Entrevista para Woman.ua

Entrevista realizada no dia 28/02 pelo site Woman.ua, para conferir a versão original em russo, clique aqui



Lembrando que as traduções podem não estar 100% corretas, mas fizemos o melhor que podíamos para tornar a entrevista compreensível e fácil de ler.

Nesta primavera, KAZAKY vai lançar um novo vídeo para a canção "The Sun". Durante os três anos de sua existência, eles chegaram a um tal sucesso, o qual seus colegas não podiam sequer sonhar: visualizações recorde no YouTube, o desempenho em Dsquared2- desfile de moda durante a Milan Fashion Week, dançando em "Girl Gone vídeo Wild 'com Madonna . E sem mencionar que esses caras ainda conseguem dançar de salto alto.

Apesar de uma agenda de shows lotada, Oleg Zhezhel, Artur Gaspar, Stas Pavlov e Kirill Fedorenko encontraram tempo para nos falar sobre seu novo vídeo, roupas, música e fins de semana.

• Conte-nos sobre o seu novo vídeo, que será lançado em breve. 
Oleg: Eu acho que nós precisamos começar com uma música, porque sem ela não haveria a ideia do clipe. O autor da canção "The Sun" é o nosso Artur. Sabíamos que este deveria ser o primeiro single do nosso novo álbum "I Like It parte 2", e a ideia do clipe surgiu com o diretor Roy Raz, com quem já queríamos trabalhar há muito tempo. Quando decidimos gravar o vídeo de "The Sun", percebemos que o diretor tinha que ser Roy e estilisticamente se adaptaria à sua forma de trabalhar. Quando chegamos a ideia de quem seria o diretor, que foi totalmente alinhada com a visão de que Artur tinha. Foi como um sinal. Logo nós voamos para Israel. A filmagem durou dois dias, mas foi surpreendentemente fácil. Roy é tão profissional e tem muito bom gosto!



Artur: Descobrimos Roy Raz há muito tempo atrás, em suas obras há sempre aquela sensação de estética. [..]. A filmagem ocorreu em Tel Aviv, a casa de Roy. O clipe foi filmado em dois dias. O primeiro dia de filmagens foi na cidade e a segunda no deserto, onde ele criou uma atmosfera incrível, que eu espero que em breve você assista. 

• Quem trabalhou em sua imagem no vídeo? 
Kirill: Nossa estilista favorita, Anna Osmekhina.

• Como você se veste no dia a dia? Você tem marcas favoritas? 
Stas: Eu prefiro roupas de estilo étnico. 
Oleg: Eu poderia decepcionar alguém, mas eu sou um fã de roupas confortáveis, atléticas e discretas, principalmente Nike. Às vezes eu uso jeans. 
Kirill: Eu também adoro uma roupa confortável e prática. Com o tempo no nosso país, nem sempre é fácil. Costumo usar botas Timberland quentes e casacos até o joelho de AllSaints, que é a melhor opção durante a temporada de inverno. Eu também gosto de Diesel, Nike, Adidas Original.
Artur: Não me apego a marcas. A principal coisa é que as roupas precisam ser de qualidade, elas precisam ser confortáveis e que eu possa me sentir confortável nelas. Eu não tenho um estilo particular, um humor vestido. Eu escolho marcas só por causa da qualidade e não por causa do nome. Por exemplo, Dior, D & G, AllSaints.


• Vocês são amigos de muitos designers ucranianos. Eles te dão coisas? 
Artur: Há alguns amigos-designers que dão as suas criações para nós. 

• Vocês podem nos dizer a coisa favorita de seu guarda-roupa? 
Kirill: Eu amo óculos. Na minha coleção há óculos de diferentes países.
Stas: Minha coisa favorita é apenas um pedaço de pano. 
Artur: O que mais gosto no meu guarda-roupa são as minhas calças de ficar em casa. É sempre um grande prazer usa-las.

• Todo mundo se lembra do seu aspecto brilhante na passarela da Dsquared2 e para Anouki Bicholla. Você está recebendo ofertas similares de designers atualmente? 
Oleg: Agora o nosso objetivo é a nossa carreira, mas, como já dissemos, nós amamos e respeitamos as pessoas talentosas. Portanto, a cooperação com qualquer pessoa não está excluída. Mas estou ansioso para o futuro e dizer que já estamos trabalhando em algo.
Artur: Após Dsquared2 e Anouki Bicholla  também abrimos a Semana de Moda de Xangai e não foi a última colaboração com designers. Nós sempre recebemos propostas, mas, infelizmente, não há tempo suficiente para trabalhar com todos.

• Você tem um ícone de estilo? 
Kirill: Para mim, um ícone de estilo é Angela Merkel. Ela é incomparável!


• Seus fãs te reconhecem, certo? Você já recebeu mensagens obscenas ou telefonemas? 
Oleg: Claro que sim e é um prazer conhecê-los com sorrisos e gratidão pelo nosso trabalho. Mas, felizmente, nossos fãs e aqueles que gostam do nosso trabalho são muito educados. Nas redes sociais, ja mandaram mensagens indecentes, mas nada pessoal.
Kirill: Não andando muito em Kiev, mas nos lugares onde muitas vezes eu vou, sim. Às vezes, eles pedem uma foto. Eu amo nossos fãs, eles são sempre engraçados. 
Stas: Eu não sei, então eu tive que lidar com histórias semelhantes. 
Artur: Eles encontram-nos em lugares públicos. Mas o que é surpreendente, na Rússia e nos Estados Unidos, acontece com mais freqüência. Os fãs nos reconhecem a partir do primeiro dia de nossa estréia como um grupo. E agora a situação está crescendo. Nós os amamos e aprecio isso. Tudo o que criamos é principalmente para eles. Eu não recebi nada impróprio ainda.

• Em uma entrevista você disse que iria considerar uma oferta para atuar em um filme. Então, vamos vê-lo na tela grande? 
Kirill: Um filme é um ambiente muito agradável para um auto-desenvolvimento. Vamos torcer para que esta oferta aconteça algum dia. 
Oleg: Eu honestamente não me lembro do que eu disse sobre estrelar em um filme. Na internet, você entende que não podem dizer tudo sobre qualquer um ... Mas nada é excluído. Não temos tabus :)

• Você acha que seus fãs ucranianos são diferentes daqueles que vão para seus shows em outros países? 
Oleg: Audiência é sempre muito diferente e nós só podemos ficar felizes com isso. Em todos os diferentes países, há uma mentalidade e temperamento diferente. Na América Latina, os fãs sabem todas as músicas de cor e não hesitam em sair dançando. Nos países da CEI são ativos, bem, mas há aqueles que gostam de nos assistir em uma mesa na área VIP. 
Kirill: Nós gostamos de ver e ouvir pessoas diferentes, especialmente aqueles que querem tirar tudo da vida: amor, euforia, liberdade.
Artur: Na Rússia e na Ucrânia, nós principalmente vemos as meninas, de 16 a 55 anos, e também porque os nossos shows ocorrem frequentemente em clubes. Em outros países, o público é muito diferente e não são tímidos.

• Como você passa o fim de semana, se tiver tempo? 
Artur: Adoro viajar, então eu sempre tento ir a algum lugar. Embora isso raramente aconteça. Mesmo quando não temos shows, fico em casa com música ou dança para a alma. Eu gosto de ler, assistir filmes, ouvir música, ficar com os amigos. Eu também gosto de passar um tempo sozinho, em silêncio. 
Oleg: eu comprei um PlayStation 4, mas não pude jogar ainda. E, normalmente, eu gasto meu tempo livre com amigos e familiares.

• Se você não fosse KAZAKY, onde estaria agora? 
Stas: Implementação é relativo neste mundo. Não é uma atividade eterna a realização de si mesmos como almas, em uma satisfação temporária dos prazeres sensuais.


Artur: eu iria trabalhar no ballet ucraniano National Opera como solista. Eu acho que eu iria dançar em qualquer caso, mas não tenho certeza, na Ucrânia. Infelizmente, neste país, a Opera tem mais de um solista.

• Que tipo de música você gosta de ouvir? 
Stas: Eu escuto os mantras védicos. 
Artur: Eu escuto músicas diferentes, a partir de um clássico. 
Oleg: Eu sempre escuto músicas diferentes e eu raramente fico muito tempo na mesma canção. Hoje pode ser a minha música favorita e amanhã eu não me lembro mais.

• Você pode citar o top 5 faixas da sua lista? 
Oleg: Eu posso dizer o top 3: 
1. Kyla La Grange - Cut Your Teeth
2. Rihanna - Jump 
3. Duke Dumont - The Giver (Original Mix) 
Mas esta é apenas o top de hoje. 
Artur: Eu tenho uma lista muito grande e há apenas minhas faixas favoritas. 
Stas: Maha Mantra Hare Krishna.

• O que é mais importante para um artista, o talento ou a tenacidade? 
Oleg: Talento e perseverança! Menos talento, significa mais persistência. Mais talento, isso significa que por isso mesmo tenacidade e único como Michael Jackson, Beyoncé, PSY, e muitos outros. 
Artur: Talento é um dom. Mas eu concordo que a persistência é também um presente. Então, você precisa ser exatamente o meio termo.

• Onde você encontra a motivação para seguir em frente durante os momentos em que você poderia desistir? 
Oleg: Boa pergunta, ninguém perguntou isso antes. Eu olho para trás, para o caminho de trabalho e me faço a pergunta: "Isso é tudo o que você queria, você está pronto para parar?" E digo a mim mesmo: "Estou feliz Mas quero criar mais, porque o movimento, o desenvolvimento é a vida. "
Stas: Minha motivação é que este corpo não é eterno, e todos os esforços devem ser para alcançar a perfeição da vida. 
Artur: Eu tenho vida amorosa, a fim de ser motivada. Não temos outra escolha. Sim, há momentos em que se torna chato. Mas todos nós temos uma grande capacidade de nos reconfigurar e então podemos facilmente ir em frente.



Obrigado por acompanhar nosso blog, não se esqueça de comentar ♥

20 de fevereiro de 2014

Protestos na Ucrânia


































Eu prefiro não escrever... vou pegar notícias de alguns jornais e colocar aqui... trechos importantes, já que falar nossa opinião não é o correto... vamos então correr para os fatos.

"O conflito reflete uma divisão interna do país, que se tornou independente de Moscou com o colapso da União Soviética, em 1991. No leste e no sul do país, o russo ainda é o idioma mais usado diariamente, e também há maior dependência econômica da Rússia. No norte e no oeste, o idioma mais falado é o ucraniano, e essas regiões servem como base para a oposição – é onde se concentram os principais protestos, incluindo a capital Kiev." - Portal G1



"Mais de 60 manifestantes morreram baleados nesta quinta-feira (20/2) no centro de Kiev, indicou o chefe dos serviços médicos da oposição, Sviatoslav Janenko. "Mais de 60 manifestantes morreram. Todos foram baleados", assinalou." - Correio Braziliense



"Os protestos começaram em novembro, depois da desistência do governo em assinar um acordo de associação com a União Europeia. Depois de um longo período de negociações com o bloco europeu, Yanukovytch preferiu uma reaproximação com a Rússia. Os choques da terça-feira (18) na capital aconteceram após semanas de calmaria, em ocasião de uma passeata em direção ao Parlamento que foi bloqueada pelas forças de segurança nos acessos ao bairro onde ficam os prédios do governo. Esses foram os primeiros atos de violência em Kiev desde os registrados no fim de janeiro, que deixaram quatro mortos, incluindo duas pessoas alvejadas com armas de fogo, e mais de 500 feridos." - Portal R7



"As manifestações na Ucrânia contra o governo já se arrastam desde novembro. Mas foi ontem (18) que elas culminaram em uma violência desmedida: 25 pessoas morreram e mais de 240 se feriram.
Barricadas e carros foram incendiados e as chamas tomaram conta das ruas de Kiev. Enquanto isso, a batalha entre polícia e civis se intensificou. De um lado, armaduras e capacetes. Do outro, paus, pedras e coquetéis molotov.
Os ucranianos querem a renúncia do governo. Para eles, sua aproximação com Vladimir Putiné uma forma de se submeter historicamente, mais uma vez, às regras russas.
Os ucranianos "querem ser europeus", como dizem os próprios manifestantes. Desde que o governo interrompeu negociações com a União Europeia (por pressão russa), o povo saiu às ruas."
 - Exame.com



"Após quase três meses de ocupação, a tropa de choque lançou-se contra o principal acampamento da oposição, na Praça da Independência (conhecido localmente como Maidan), desmantelando algumas das barricadas e incendiando muitas das tendas dos manifestantes.
Mas os 20 mil manifestantes contra-atacaram armados com pedras, bastões e bombas incendiárias e cantando o hino nacional ucraniano.
A ação foi lançada depois que as forças de segurança estipularam as 18 horas locais como prazo para que os protestos antigoverno tivessem fim e cercaram a Praça da Independência, que tem sido palco de protestos em sua maioria pacíficos desde novembro.
Previamente à ação policial, milhares de manifestantes contrários ao governo enfrentaram a polícia nos arredores do Parlamento, incendiando um caminhão da polícia e arremessando pedras no primeiro episódio real de violência na capital Kiev em mais de três semanas.
Os manifestantes marcharam para o prédio do Parlamento numa manobra para manter a pressão sobre o presidente Viktor Yanukovych para que ele abra mão de parte dos poderes presidenciais."
- Portal IG


No dia 10 de fevereiro foi postado um vídeo no YouTube de uma moça Ucraniana falando os principais motivos dos protestos.


"Eu sou Ucraniana, nativa de Kiev. Estou agora na parte central da minha cidade. Quero que saiba porque dezenas de pessoas do meu pais estão todas nas ruas. Existe apenas uma razão, nós queremos ser livres da ditadura, nos queremos ser livres dos políticos que apenas andam para eles próprios e estão prontos para disparar, bater e causar danos físicos contra pessoas apenas para salvarem o seu dinheiro, apenas para salvarem as suas casas, apenas para salvarem a pobreza. Eu quero que as pessoas que estão aqui que tem dignidade e são corajosos, eu quero que eles tenham uma vida normal, nos somos pessoas simuladas mas o nosso governo são bárbaros isso não e uma união solida e nos não queremos ser corrompidos, nos queremos ser livres, eu sei que talvez amanha nos poderemos não ter telefone ou Internet e as pessoas estarão a viver sozinhas em medo…Por isso eu os peço que nos ajudem agora, nos temos liberdade dentro dos nossos corações, dentro da nossa mente e eu os peço para construírem essa liberdade no vosso próprio pais, podem ajudar-nos apenas ao dizer esta história aos seus amigos e ao partilhar este vídeo, fala com os teus amigos, fala com a tua família, fala com o teu governo e mostra que nos suportas. Por favor contacta os representantes do teu pais e exige que suportem os ucranianos e a sua luta para liberdade e democracia, antes que seja tarde demais."

- Queria agradecer a page Kazaky Postugal por me ajudar na tradução do vídeo. ♥

8 de fevereiro de 2014

Crazy Bitches e Lord Bruh ~ entrevista exclusiva

Havia prometido uma entrevista, aqui está ela... perguntas um tanto que reveladoras, não vou falar nada... leiam. (:

Queria agradecer muito há Tatiana Silva que me ajudou na entrevista com muitas perguntas e também os meninos do Crazy Bitches e Lord Bruh por terem disponibilizado seu tempo para responder algumas perguntas ! Sempre bom ter ajuda de todos !






1. Quais as expectativas da gravação do EP e da colaboração de Lord Bruh com o grupo ?

Crazy Bitches: As expectativas são as melhores possíveis mas estamos calmos quanto a isso, pois não ha data de quando o EP ficara pronto, são sabemos que é algo pra esse ano quanto ao Lord Bruh, não é apenas uma pequena parceria, pretendemos trabalhar em ambos os álbuns tanto do dele quanto o nosso, nos ajudaremos em tudo.

2 - Lord Bruh, quando você começou a cantar e quais foras seus primeiros trabalhos, sem contar seu trabalho com DoubleFace Brazil na música Hands Up in The Air !

Lord Bruh: Comecei a fazer a parceria com o Double, procurei ele pra mostrar meu trabalho e ter mais uma repercussão. Cai de paraquedas na música eletrônica. rsrsrs Sou amante da e-music, mas nunca pensei cantar esse estilo ia ser tão aceito mas tenho outras facetas e quero mostrar com meu álbum. Meus primeiros trabalhos eram bem demonstrativos e mandava a demo pra alguns emails de produtores mas por ser inexperiente não recebi tanta abertura ate que por fim e inicio, rsrsrsrs comecei a escrever músicas para um publico de balada dai vieram Envious love meu primeiro trabalho profissional. Com uma ótima repercussão no Brasil e All night long lançados pelo Beatport e Itunes. My love is on fire também lançada pelo Itunes e assinada TNE remixes por Djs dos Estados Unidos e alguns da América latina incluindo brasileiros e agora o projeto Hands up in the air veio para marcar uma nova fase nas produções do DoubleFace como na forma que encaro minhas interpretações.

3 - No final do ano passado vocês estiveram gravando o clip para a música I See You, aconteceram imprevistos ?! E o que aconteceu na gravações ?!

Crazy Bitches: Bom, desde o começo ficou claro a falta de profissionalismo do diretor do clipe, ele aproveitava da situação até pra ficar pegando na gente com piadinhas sem graça e queria tudo do jeito dele! Minha guerra com ele começou por isso, sempre estive a frente do grupo e sabemos o que é melhor até mesmo em um vídeo clipe, baseado nessas confusões conseguimos gravar e voltamos, estava certo que semanas depois o vídeo estaria na conta dele, depois de um tempo ele simplesmente sumiu nos deixando indignados e desistindo da gravação do clipe. Mas me certificarei que todos saibam desse anti-profissional imaturo e irresponsável, para que não passe pelo que passamos.
Desculpa: Desistindo literalmente do videoclipe.

4 - O fato da briga com o diretor foi um fator claro para isso ?!

Crazy Bitches: Não foi exatamente a briga, pois antes de voltamos tudo estava claro e na paz, o problema dele mesmo é a falta de consideração com o trabalho alheio, imaturidade e anti-profissionalismo.

5 - Mudando de assunto, fora I See You tem mais alguma música já em prodção ?! Com letra e ritmo ?!

Crazy Bitches: O novo single do Crazy Bitches se chama Came The Weekend, antes estava certo que seria Dance For Equality, mas chegamos a uma conclusão que C.T.W. seria de melhor impacto ! Uma vez que a mesma é uma batida de hip hop e sexy, totalmente diferente de I See You, porém ainda não está em produção, a letra e o tom estão certos, estamos aguardando o inicio da produção da música, não irá demorar. E estaremos mostrando em primeira mão para vocês !

6 - No EP de lançamento do grupo terá algo romântico ?! Se sim, poderia descrever sobre o que ou quem!?

Crazy Bitches: Sim, pretendemos lançar algo mais sentimental nesse EP porém sem nada definido ainda, só que pretendo escrever ao sobre amor, uma letra breve, pegajosa e repetida, mas bem pouca ! Pois espero lançar algo mais pro épico, no estilo de Sigur Rós

7 - Já consideraram a ideia de saltos ?! Uma coisa interessante ! E lançando o estilo de vocês se torna algo mais original !  

Crazy Bitches: Sim, já tivemos uma vontade de iniciar uma fase usando saltos, mas infelizmente terá que ser adiada por dois motivos, o primeiro é porque algo inspirado no Kazaky não nos torna um grupo que se inspirou, automaticamente o rótulo mudaria para o grupinho que imita o Kazaky. O segundo motivo é que estamos em um pais ignorante, inclusive em um estado ignorante. Cujo um grupo de salto receberia mais críticas negativas que positivas, isso inclusive do próprio público GLBT.

8 - No processo criativo do álbum, qual o principal foco de vocês ?!

Crazy Bitches: Não paramos pra pensar sobre isso! Nosso foco principal é os shows com músicas e batidas, coreografias perfeitas e o reconhecimento e carinho do público.

9 - Todo grupo tem um foco, qual o principal foco de vocês ?!

Crazy Bitches: Fazer músicas, clipes e ser reconhecidos internacionalmente.

10 - Mas sabem que isso e uma coisa que demora certo ?! No exato momento o grupo tem trabalhado em algo ?!

Crazy Bitches: Estou compondo, não estamos apressados, quero iniciar as aulas de canto e piano pra melhorar nas composições, estamos trabalhando apenas com a imagem do grupo, pedindo que as pessoas tenham calma pois não queremos fazer show esses meses. Não enquanto já estivermos com 3 músicas prontas.

11 - Primeiro de quem foi a ideia de montar o grupo pra efetivamente se apresentar. Porque volta e meia as pessoas se unem para dançar e tal, mas não necessariamente metem a cara e o corpo em um palco. (Tatiana Silva)

Crazy Bitches: A ideia de montar o grupo foi minha, eu já participava de outro grupo chamado Boys Domination em Brasília e dançava profissionalmente, então quando me mudei pro MA conheci Allan na escola e ele me mostrou que sabia dançar, foi aí que decidimos meter a cara e o corpo em um palco.

12 - Que coreógrafos eles curtem (conhecidos e desconhecidos) ? Eu gosto de catar as referências do povo depois de ver um trabalho. Com quem eles gostariam de trabalhar ? A mais óbvia de todas: como se conheceram ? (Tatiana Silva)

Crazy Bitches: Nunca curtimos coreógrafos, eu na verdade não conhecia ninguém no começo do grupo, sempre nos espelhamos nas próprias cantoras, Beyoncé, Nicole e Britney, nos conhecemos na escola e os outros integrantes com amigos em comum de Allan e Rafael que estudavam na escola.

13 - Que música/artista tem escutado nos últimos dias ? (Tatiana Silva)

Crazy Bitches: Allan sempre é uma caixinha de surpresa quanto a musica, Rafael e eu sempre ouvimos as mesmas nos últimos dias, (Lord) Royals - (Beyoncé) Get me Bodied - (Crazy Bitches) Mau eu sou (Demo Version).

PARA LORD BRUH

14 - Onde você começou a cantar ? Tem gente que descobre no colégio, no chuveiro, na igreja... onde foi seu começo na música ? (Tatiana Silva)

Lord Bruh: Comecei a cantar quando era bem jovem na igreja, sempre gostei de músicas gospeis e meu pai por ter sido um artista cantor e artista plástico me influenciou muito, cresci escutando MPB, músicas bem alternativas devido é essa veia artística que recebi do meu pai. Tinha 15 anos e já estudava inglês quando compus minha primeira letra e comecei consequentemente a fazer aulas de teclado, violão, fui auto de data, com um pouco de calma e esforço tudo é aprendido, descobri que sabia cantar desde cedo, era bem cru, tímido, e aleatório com mudanças na voz e na maturidade... quando tinha 18 anos na faculdade em reuniões com amigos, decide que isso era o que queria fazer pois todo mundo dizia que era muito interessante minha voz, e que deveria seguir carreira dai comecei a gravar os primeiros demos em português e em inglês.

15 - Principal referência de cantor quando criança e a referência atual. Com quem gostaria de cantar ? (Tatiana Silva)

Lord Bruh: Tenho várias referências, todo artista escolhe os seus, não existe artista 100% original  sempre nos baseamos em alguma personalidade para moldar nossa personalidade na música e os artistas que me influenciam até hoje são Christina Aguilera, Mika, Natália Bedinfield, MJ, Jason Mraz, Madonna, David Bowie, Boy George,Kerli, Natalia Kills, são tantos rsrsrsrs e não posso esquecer Jessie Ware.

16 - Algum artista te provocaria um momento tiete ? (Tatiana Silva)

Lord Bruh: Momento tiete acho que não teria com nenhum artista, porque não obsessão por nenhum deles Mas sim um grande respeito e admiração pela forma de expressão de seus sentimentos através da musica

17 - Que estilo musical ou que artista você não curte ? (Tatiana Silva)

Lord Bruh: Não gosto de músicas que denigram e ofendam o ser humano, música tem que passar mensagens por que a voz e atitude a letra vai consequentemente influenciar grupos de pessoas. Música devia ser música e não o que ta se tornando, uma guerra de egos depreciação do ser da vida das pessoas... Enfim.

18 - Gostaria de saber se você é fã de MJ porque achei em alguns momentos que a voz me lembrou. (Tatiana Silva)

Lord Bruh: Essa comparação de voz com MJ acontece corriqueiramente rsrsrs muita gente diz a mesma coisa que nossos timbrem se parecem determinada vez falaram que minha voz era um misto MJ, Mariah Carey e Christina Aguilera. Fico lisonjeado apenas, esclarecendo que não acho parecida não. rsrsrs

Sobre seu trabalho, Lord Bruh também falou... "E complementando, adoro ajudar os artistas daqui do Maranhão tanto o Crazy Bitches como a Louise Lima, que tem bastante talento e querem crescer, e complementando ajudo porque sei que a arte é mutável e adaptável fama por fama, não vale a pena... tente ser diferente com seus pensamentos imprima eles na musica você sera reconhecido, vale mais do que fama :)"

7 de fevereiro de 2014

MINSK - BELARUS ~ 07.02.2014 @Dozari Club





- IMAGENS -

6 de fevereiro de 2014

Crazy Bitches ~ nova fase do grupo (ATUALIZADO)


O grupo é formado por Allan George, Filipe Lima e Rafael Cardoso. Utilizando de coreografias que são feitas pelos meninos, usando, seja do pop, hip hop ou contemporâneo, o grupo busca sempre mostrar alegria e profissionalismo a quem assiste, com o objetivo de crescer a cada dia e viver do que mais amam...


Depois de passar por constantes mudanças na formação, o grupo continuou com a formação original que é Allan, Filipe e Rafael. Com isso, depois de quatro anos se apresentando com músicas de outros artistas o grupo decidiu criar suas próprias músicas e coreografias, o primeiro single do grupo se chama I See You... antes do lançamento da música I See You, o grupo trabalhou com o produtor maranhense HackerBoy, que foi responsável pela produção da música Angel or Demon, que havia sido escolhida antes como single do grupo... mas como a formação do grupo sofreu alterações, com a saida de um ex-integrante, a música escolhida para trabalho foi I See You, produzida por DoubleFace Brazil, que fez um trabalho magnifico com a música. Que foi escrita por Filipe Lima.


A gravação do clip da música I See You aconteceu na mágica cidade de Fortaleza - CE, onde foram escolhidos pontos turisticos da cidade para isso, como, na Boate Phantástica Club e na Praia de Iracema, onde o Rwanyto Oscar da produtora RW7 Films, foi o diretor do clip, que contou com dois dias de gravações e uma coreografia feita por Rafael Cardoso.

Imagem da gravação do clipe na Boate Phantástica Club.


Com o atraso do lançamento do vídeo da música, o grupo tem trabalhado na divulgação de sua música de trabalho. Apresentaram-se recentemente no programa ChegAi da TV Cidade [Record] na programação local do Maranhão com sede na capital. 

Falar não adianta, confira:


O grupo está gravando um EP com cinco músicas, incluindo o primeiro single I See You. A gravação do EP conta com a participação de Lord Bruh, um cantor maranhense. Uma entrevista está marcada com Lord Bruh e o grupo. Para falar sobre o seus futuros trabalhos.

Confira também o trabalho de Lord Bruh que também tem como produtor DoubleFace Brazil...


Cover da música Hurt da Christina Aguilera: